comida

I Love Coxinha: o negócio que entrega salgados estaladiços e acabadinhos de fazer

O negócio começou em julho de 2020, mas esteve parado nos primeiros meses deste ano porque o casal proprietário ficou retido no Brasil.
São deliciosos.

Chama-se I Love Coxinha e é precisamente para aquelas pessoas que adoram uma boa coxinha de frango. Nasceu a 21 de julho de 2020 e é o projeto de um casal brasileiro que vive em Sintra. Eudes e Flávia Macedo têm 34 anos e uma filha de quatro.

Apaixonados por coxinhas, não conseguiam encontrar nenhuma versão perfeita, frita na hora e super crocante para comer em Portugal. Quando Eudes estava desempregado e Flávia se tinha despedido para, juntos, criarem um negócio na área do turismo, a primeira quarentena por causa da pandemia fez com que o projeto fosse um fracasso.

Daí a pensarem criar um negócio para levar coxinhas acabadas de fritar em delivery foi um passo natural. Ambos têm pais profissionais da área da cozinha, por isso tudo lhes saiu de forma mais ou menos natural.

“Brincamos que temos o dom de cozinhar na nossa genética, pois, tanto os meus pais quanto os da Flávia, são excelentes cozinheiros e já trabalharam ou ainda trabalham, diretamente com alimentos ou cozinha”, conta-nos o proprietário do projeto I Love Coxinha.

Flávia nasceu no Rio de Janeiro e mudou-se para Fortaleza quando ainda era criança, cidade onde Eudes sempre viveu antes de virem para Portugal há quatro anos. No Brasil, eram os dois polícias.

Agora, com a vertente de cozinha, o sucesso tem sido surpreendente, apesar de terem sido obrigados a parar no início de 2021. “Tínhamos o sonho de ir visitar a nossa família no Brasil. Conseguimos ir em janeiro de 2021 de férias, mas pouco antes do nosso retorno, que seria em fevereiro, as fronteiras fecharam por causa da pandemia e ficámos três meses no Brasil.”

Resolvido este pesadelo, os clientes já podem voltar a pedir as boxes de salgados que lembram o Brasil. De 50 a 100 salgados, com preços a partir dos 14,90€, são servidos acabados de fazer e bem estaladiços.

Há empadas de frango, coxinha de frango e queijo Catupiry, travesseiro de queijo e fiambre, croquete de carne, quibe, bolinha de queijo e pães de queijo. Há ainda churros goumert recheados com doce de leite como opção doce.

É possível fazer as encomendas através da página de Instagram ou através do número 912 533 606. A taxa de entrega é de 0,35 cêntimos por quilómetro — para Oeiras, fica por volta de 3,50€.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA