comida

Está a chegar a Oeiras mais uma edição do Festival de Francesinhas — e traz novidades

Até 2 de outubro, no Jardim Municipal de Oeiras, pode provar o prato portuense em cinco restaurantes diferentes.
Terá 11 dias para provar as francesinhas que quiser.

Se a francesinha é um dos seus pratos favoritos, mas não sabe quando vai conseguir voltar ao norte para comê-la num típico restaurante portuense, não se preocupe pois poderá fazê-lo sem sair de Oeiras. É que o Festival das Francesinhas está de volta ao Jardim Municipal onde, durante 11 dias, irá provar (e repetir, se quiser) esta que é uma das especialidades mais famosas da cidade invicta.

O evento arranca no dia 22 de setembro, quinta-feira, e estará de portas abertas até domingo, dia 2 de outubro. Esta é a terceira edição da iniciativa no concelho de Oeiras. Em 2019 o festival decorreu dentro do Palácio Marquês de Pombal e, depois de um interregno em 2020, voltou o ano passado, pela primeira vez ao ar livre, no Jardim Municipal de Oeiras.

Uma das novidades desta edição é que terá mais restaurantes presentes. De três opções, no ano passado, passa para cinco espaços, onde pode provar a típica francesinha. O difícil será escolher. São eles: Alfândega D’ouro, Cufra, Alicantina, Santa Francesinha e Taberna Portuense. Este último com versões vegetarianas e vegan, para que todos possam aproveitar as delícias que o festival tem para oferecer, mesmo os visitantes que não comem carne. 

Além das francesinhas, há outra excelente novidade: vai poder também provar os famosos cachorrinhos à Porto, do emblemático restaurante Mirone. Uma estreia no festival que, certamente, vai agradar a muitos, especialmente aos miúdos. Aliás, este é um evento para toda a família. Seja ao almoço ou ao jantar, durante a semana ou ao fim de semana, não deixe de ir até lá saborear estas iguarias portuenses. 

A entrada é totalmente livre e só paga o que comer. Assim que chegar ao recinto, dirija-se à caixa central para pagar e depois é só escolher a que restaurante ir. O preço é igual para todos: 10€ pelas francesinhas tradicionais e 12€ pelas vegetarianas, vegans e em forno a lenha.

Se for com um grupo de amigos, por exemplo, podem experimentar comprar, cada um, uma francesinha num restaurante diferente, para depois provarem de todas. Fica a ideia para os verdadeiros apreciadores deste prato que, certamente, não resistem a experimentar mais do que uma. 

O festival estará aberto todos os dias, de 22 de setembro a 2 de outubro, em dois períodos: do meio-dia às 15 horas, e das 19 às 23 horas. Siga a página de Facebook do Festival de Francesinhas para ir acompanhando todas as novidades. 

Enquanto espera pelo Festival de Francesinhas e, caso goste de arriscar noutro tipo de cozinhas, carregue na galeria para conhecer cinco restaurantes indianos do concelho.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA