comida

Continente reforça supermercados com mais 1800 funcionários

Os trabalhadores das cafetarias Bagga, agora encerradas, vão ajudar a dar resposta ao aumento de clientes.
Supermercados estão abertos.

Os milhares de pessoas que estão em isolamento nas suas casas por causa do coronavírus estão a colocar uma enorme pressão sobre todos os supermercados e hipermercados do País, que não têm capacidade para lidar com tantas encomendas e pedidos — tanto nos espaços físicos como nas lojas online. 

Para fazer face ao aumento da procura e aliviar esta pressão, a Sonae anunciou que vai reforçar as lojas do Continente e Modelo com 1800 funcionários. Não se tratam de novas contratações, mas antes da alocação de funcionários das cafetarias Bagga. Estes espaços estão encerrados devido às medidas implementadas pelo estado de emergência, pelo que os seus funcionários irão agora passar a ajudar na operação diária dos supermercados e hipermercados do grupo.

Quem também está a adotar novas medidas para fazer face à epidemia no nosso País são as lojas da cadeia Mercadona. A partir desta segunda-feira, os supermercados espanhóis vão exigir aos seus clientes que utilizem luvas enquanto fazem compras, assegurando a cadeia a distribuição das luvas.

A Mercadona vai ainda instalar proteções acrílicas junto às caixas e a colocar marcações no chão, para que as pessoas mantenham uma distância de dois metros entre si e dos funcionários da cadeia.

tags: continente, coronavírus, covid-19, hipermercado, oeiras, supermercado

outros artigos de comida

mais histórias de Oeiras