comida

A Bolomia faz os bolos de fondue de chocolate mais irresistíveis do concelho

É outro exemplo de um negócio que nasceu com a pandemia e que tem alegrado a vida dos oeirenses nos últimos meses.
Uma perdição.

Daniele Vidal é dentista e veio para Portugal, mais especificamente Oeiras, há três anos. Carioca, do Rio de Janeiro, continua a trabalhar para o Brasil, com análise de radiografias à distância, enquanto trata da sua conversão de licença de trabalho.

Em março de 2020, com a quarentena devido à pandemia do novo coronavírus, Daniele começou a fazer bolos e a reavivar uma paixão antiga, a de cozinhar. “Queria poder comer bolos caseiros, com menos açúcar e conservantes do que aqueles que encontramos por todo o lado”, conta-nos.

Como em tantos casos, os amigos e familiares foram provando e adorando as receitas. Daí até criar uma página no Instagram e começar a vendê-los, foi uma decisão natural e rápida. As receitas surgiram com alguma pesquisa na Internet, sendo depois aprimoradas com o tempo — e alguma imaginação.

A filha desenhou o logotipo, o filho tira as fotografias e o marido faz as entregas. O negócio de família tem crescido e é uma forma de “ganhar um dinheiro extra neste tempo de pandemia”.

Todos os bolos têm bastante saída, mas existe um que é um verdadeiro sucesso. “Comecei a notar que no Brasil o bolo fondue tem muito sucesso. É um bolo com uma cobertura mais líquida, onde é possível molhar frutas ou gomas no chocolate. Comecei a fazer e a vender, e toda a gente adora.”

É servido com fruta e gomas, para que se possa espetar nos pauzinhos de fondue e mergulhar na piscina de chocolate. No final? Ainda tem a base e as paredes do bolo para comer — como não adorar?

Outra característica dos bolos da Bolomia é o facto de serem um pouco mais pequenos do que o normal, apesar de poder sempre escolher um tamanho maior: “Sempre tive um problema com os bolos de compra. Ficavam vários dias na bancada da cozinha e acabavam por ficar secos. Para não desperdiçar, optei por vender bolos de 20 centímetros de diâmetro.”

Há bolos de chocolate, churros, laranja gourmet com cobertura de gengibre, cenoura, castanha com doce de leite, e bolos fit (mais saudáveis e menos calóricos) Os preços vão dos 20€ aos 22€. Já os bolos fondue custam 20€ (pequeno) e 25€ (grande).

As encomendas podem ser feitas através da página de Instagram da Bolomia. E as entregas para o concelho de Oeiras variam entre os 2€ e os 3€, consoante o local.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA