comida

A Boleira Portuguesa vende bolos feitos com receitas que estão na família há 70 anos

Tudo é feito por uma família oeirense, incluindo salgados, em regime de take-away ou entrega ao domicílio.
E também vendem boleiras.

Chama-se Boleira Portuguesa e é o novo negócio de uma família de Paço de Arcos que segue as receitas que têm passado de geração em geração. Contudo, preferem manter o anonimato, tal como o segredo de todas as suas confeções.

O filho tem 31 anos e trata da parte da gestão do negócio que nasceu no dia 28 de fevereiro. A mãe ficou com a cozinha, precisamente onde são feitas as iguarias.

“Temos vários livros de receitas, todas datadas — a mais antiga é de 1950. A maior parte são de uma tia, que se fosse viva, teria 121 anos. Era a irmã da minha bisavó”, explica-nos o fundador.

A ideia surgiu no início deste ano, quando todo o agregado familiar ficou infetado com Covid-19 e teve de se fechar totalmente em casa. A família, descendente de Oliveira do Hospital, sempre esteve ligada à restauração, por isso, pareceu uma ideia natural abrir este negócio em tempos de pandemia.

Por enquanto, dedicam-se aos bolos e salgados, mas contam expandir o negócio para refeições prontas a comer. “Temos muitas receitas de pratos. A minha mãe nasceu em Moçambique, numa altura em que os meus avós viviam lá e os pratos são inspirados também nesse país. O caril de camarão é uma das nossas especialidades.”

Por enquanto, pode encomendar à Boleira Portuguesa bolos como pavê de amêndoa (17,50€) bolo de amêndoa (a maior especialidade da casa — 25€), bolo de maçã reineta (17,50€), bolo nuvem de coco (15,50€), bolo de mel (15,50€), bolinhos de corn flakes (7,50€ por seis unidades), bolo de vinagre (20€), e muito mais.

Na ementa dos salgados, não deixe de provar a bola de chouriço (17,50€), bolinhas de fiambre (12,50€ por 12 unidades), rissóis de camarão (12€ por 12 unidades), almofadinhas de carne (10€ por uma dúzia), ou as empadas de frango (12€ por 12 unidades), por exemplo.

Tudo é caseiro e pode ser levantado na casa da família, com a morada a ser facultada aquando da encomenda. Ou pode optar por receber em casa — sem taxa de entrega no concelho de Oeiras. As encomendas podem ser feitas através da página de Instagram ou do email boleiraportuguesa@nullgmail.com.

Além disso, é possível comprar as próprias boleiras de verga para transportar bolos. “O nome surgiu deste produto tão antigo. Trabalhamos com um artesã de 85 anos,  que nos vende estas cestas.” Cada uma custa 20€ mas, se comprar a boleira com um bolo, tem um desconto de 2€ na cesta.

MAIS HISTÓRIAS DE OEIRAS

AGENDA