comida

Agora, os clientes é que vão buscar as pizzas às motas da Domino’s

A cadeia tem um novo sistema de entrega ao domicílio, o contactless delivery, para minimizar o contacto entre clientes e funcionários.
O sistema está a ser aplicado em vários países.

A partir de sexta-feira, 13 de março, as pizzas da Domino’s deixam de ser entregues em mão diretamente aos clientes. Face ao aumento de casos de coronavírus em Portugal, a cadeia decidiu avançar com um novo sistema de entrega a que chama de contactless delivery, tudo para minimizar o contacto entre clientes e funcionários.

Na prática, terá agora de sair de casa e dirigir-se até à mota para recolher o pedido. Assim que o entregador chegar, avisa o cliente por telefone. A caixa da mota fica aberta e é o cliente que abre o saco térmico e retira a pizza e os outros artigos que tiver pedido.

Os clientes vão levantar as pizzas à entrada.

No que se refere ao pagamento, a Domino’s recomenda que se utilizem as modalidades eletrónicas e contactless. Ainda assim, pagar com cartão ou em numerário continua a ser possível. 

Este sistema está a ser adoptado em vários países onde a marca opera. As encomendas na Domino’s podem ser feitas através do site, da aplicação ou mesmo por telefone.

A primeira pizzaria da cadeia em Portugal abriu no início de junho de 2015. O local escolhido foi a zona de Telheiras, em Lisboa. Quatro anos depois, a cadeia norte-americana não parou e está quase a chegar aos 30 restaurantes em todo o País. Em Oeiras fica na Dr. José da Cunha 32 B e em Algés é na Rua Damião de Góis 22 C.

tags: Algés, delivery, domino's, entregas ao domicílio, oeiras, pizza

outros artigos de comida

mais histórias de Oeiras